Família Jackson também acusa Martin Bashir por manipulação

Após as autoridades britânicas provarem que o ex-repórter da BBC Martin Bashir forjou documentos para conseguir uma entrevista exclusiva com a princesa Diana em 1996, a família do cantor Michael Jackson afirma que o rei do pop também foi enganado e manipulado pelo jornalista inglês. Os parentes de Michael Jackson querem que seja aberta uma nova investigação contra Martin Bashir, agora para averiguar uma entrevista feita pelo repórter com o astro da música em 2003. Na ocasião, a reportagem levantou ainda mais as suspeitas de pedofilia envolvendo o artista, após ele revelar o hábito de dividir sua cama com crianças

Ao jornal Daily Mirror, Tito, irmão de Michael Jackson, disse que quer que a entrevista de 2003 seja investigada, e não descarta a hipótese de acionar a Justiça contra o ex-repórter da BBC. "Tanto o Michael quanto a Diana foram vítimas das ambições sombrias e dos golpes sujos do Bashir e ele está finalmente respondendo por isso", afirmou o familiar do artista ao site.

Governo cobra BBC Ontem, o governo do Reino Unido cobrou ação da BBC sobre a polêmica entrevista, e disse que o canal precisa "agir logo para restaurar a confiança depois que um relatório sobre a forma como a rede conseguiu uma entrevista com a princesa Diana em 1995 expôs falhas no cerne da emissora". Segundo o relatório, Martin Bashir obteve a concordância da princesa Diana para a realização da entrevista após agir de má-fé e que mais tarde os chefes da BBC acobertaram seu erro.

Categoria:Notícias

Deixe seu Comentário